Rardyss – Crânio de Cera

Por: Ma Giovananni

Hey rockers estou aqui no Casos de Rock n’ Roll para falar novamente sobre o cenário underground atual.

A priori a minha ideia era falar sobre outro grupo, que eu considero uma das melhores bandas de metal brasileira da atualidade, mas propositalmente eu optei por deixar para semana que vem, até para fazer um mistério – não que alguém se importe hehe.

Entretanto eu achei mais do que justo falar dessa molecada da Zona Leste que mantém o espírito rock n’ roll mais vivo do que nunca. Eu estou falando da banda Rardyss, formada pelos irmãos Gil Harrison (voz/guitarra) e Gildecy Rachel (voz/baixo), e completada por Gui Santiago (guitarra solo) e Victor Rodrigues (bateria).

A Rardyss é uma banda nova, formada por músicos jovens, tem muita estrada pela frente, muito o que evoluir, mas eles tem o principal, o que faz a coisa acontecer, o que transforma a música em algo mágico. Eles têm paixão.

Paixão essa que eu pude conferir de perto no Inferno Club, em um evento que contou com a parceria da Base Rock e da Gang da 13, e levou ao palco da casa noturna na Augusta, bandas do calibre de Mattilha, Furia Inc, Blame (direto de Florianópolis) e Sioux 66.

11872913_10207888782644561_1459381765_n

Neste mesmo dia a Rardyss abria a noite e também aproveitava o momento para lançar o seu primeiro trabalho, o EP intitulado Crânio de Cera. O show foi muito divertido e contou com a participação de Ivan Copelli (ex-Burlesca e ex-Kiara Rocks) e Igor Godoi (Sioux 66). Mas mais que isto foi uma grata surpresa, foi um show divertido, bem executado e o melhor de tudo, cheio de alma.

E como eu acredito que todo trabalho feito com amor, afinco, dedicação e talento merece ser reconhecido, nada mais justo do que explanar brevemente sobre o EP de estreia dos meninos. Então, vamos lá!

Com 24:20 o EP começa muito rock n’ roll, e fica evidente que a faixa “Crânio de Cera” é a melhor pedida para abrir o disco. Munido de um belo riff de guitarra logo de cara, seguido pela agradável voz de Gil Harrison, fica claro que pilotaremos uma estrada muito maluca daqui pra frente. O refrão gruda na cabeça, a letra (como todas as outras do álbum) é bem divertida e tem aquele ar adolescente, meio moleque.

Na sequência temos “Olho Dourado”, que foi a primeira música que ouvi da banda, eu acho esse som simplesmente fantástico, gosto do dueto das guitarras e me lembra muito as músicas que fazia com meus amigos há anos atrás, tem um ar nostálgico e é um som honesto, uma música honesta, com uma história simples, mas verdadeira.

A próxima faixa do disco chama-se “Veneno” e é a única que conta com Gildecy nos vocais, apesar de eu gostar mais da voz do Gil, esta é a melhor faixa do disco. E em minha opinião a alternância nos vocais é sadia, não consigo imaginar esta música com outro vocal. Vale ressaltar também que a letra é muito legal, essa é uma daquelas músicas que você sai cantarolando por aí depois de ouvir, vale conferir.

A cota de balada do disco fica por conta de “Donzela da Noite”, que é uma pegada que lembra muito as power ballads dos anos 80, e em especial sempre me remete a Scorpions quando ouço. Entretanto vale uma ressalva, menos é sempre mais e eu vejo alguns excessos aqui, nada que o tempo e a experiência não corrijam. Eu penso que essa música evoluirá muito ainda.

Por fim o EP termina com a faixa com “Consciência”, música que divide quase que igualmente os vocais de Gil e Gildecy, uma bela música para fechar o EP de estreia, e mais que isso, para traduzir um pouco mais a alma da banda.

Depois de quase meia hora ouvindo Rardyss eu fico com a certeza de que eles estão no caminho certo e que irão evoluir muito ainda, sem sombra de dúvidas esta banda é uma aposta certa para o futuro, se eles continuarem nesta toada nos surpreenderão positivamente, não tenho dúvida disso.

Sobre o autor:

11843979_10207822536068438_1179926204_nMarcel Costa
Amante do bar, da música e da literatura. Mais retardado que fantástico.
Toca tão mal quanto escreve. Acredita que no final do dia é tudo por ela,

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s